Listando Tag

Caixas

Decoração Família Gestão do Tempo Organização

Como organizar minha mudança de casa?

17 de setembro de 2014
casa nova

Mudanças! Ah, as mudanças! Elas podem ser motivo de muita alegria ou de muita dor de cabeça. Se você não pode contratar uma empresa de mudança que faça tudo por você, vou te ajudar para que tudo chegue inteiro e fique no lugar certo na casa nova! 

Já fiz tanta mudança nessa vida, que se existisse uma graduação para isso eu já teria um doutorado! rs As dicas que darei a seguir são de acordo com as vááárias experiências que tive, ao contrário de muitas pessoas que odeiam, eu me apaixonei por esse processo!

Para iniciar o processo de mudança, não devemos simplesmente providenciar caixas e ir colocando tudo dentro delas sem critério. Se você fizer bem feito a seleção do que que irá ser embalado ANTES de ir para a nova casa, evitará alguns problemas de falta de espaço e organização. Vamos agora para o passo a passo:

 

1) Planeje tudo com antecedência

Muitos detalhes são necessário serem visto com carinho antes de tudo começar: quem irá fazer o transporte, contrato de aluguel, autorização para entrar com a mudança no condomínio, consertos necessários na nova casa, mudança de endereço para as correspondências, cancelamento de tv à cabo, limpeza da nova casa, etc. Faça uma lista de tudo que precisa ser feito para não correr o risco de esquecer de nada. Se organize no mínimo 20 dias antes para que os fornecedores tenham tempo de te atenderem no que for preciso antes do grande dia (rs). Ah, não se esqueça de comunicar seus contatos pessoais e profissionais sobre o seu novo endereço.

2) Conheça cada milímetro da casa nova

Com o auxílio de uma trena, meça todos os cômodos do novo lar. Imagina você comprar um imóvel e aquele sofá lindo que você comprou não caber na sala ou nem passar pela porta? Pois é… Para evitar surpresas desagradáveis, tire as medidas dos cômodos e calcule se os móveis que você tem em casa poderão ser todos acomodados. Caso isso não seja possível, quando for comprar um móvel novo, leve essas medidas com você e peça para o vendedor da loja de móveis medir o móvel que você gostou antes de concluir a compra (sim, eles tem trena e medem quando pedimos! Já solicitei isso várias vezes! rs).

 3) Desapega geral!

Antes de começar a embalar, passe um “pente fino” por toda a casa, cômodo por cômodo e avalie o que pode ser descartado (lixo) ou doado. Tenha este critério e seja sincero com você mesmo! Não leve nada que você não usa ou nem lembrava mais que existia (na mudança a gente descobre cada coisa… rs). Se você encontrar coisas que não usa, coisas estragadas, roupas que não servem mais, objetos estranhos espalhados pela casa, brinquedos que seus filhos nem brincam mais… não leve para a casa nova! Se você não precisava antes, não vai precisar agora. Permita-se um novo começo, em um lar mais funcional e organizado. Caso tenha dificuldades em fazer este desapego, clique aqui e aprenda na prática como fazer a “Sessão do Desapego”.

4) Monte uma malinha de “Primeiros Socorros”

Já pensou você estar instalada na nova casa e não conseguir encontrar um sabonete, uma roupa, ou um prato para colocar a comida? Para que isso não aconteça, separe uma malinha com objetos de primeira necessidade que você e os demais membros da família farão uso nos 3 primeiros dias: roupas, produtos de higiene, pratos/copos/talheres, material escolar, carregadores de celular, notebook, etc. Descreva em um papel o que você vai precisar para “sobreviver” até que tudo esteja desembalado.

5) Faça um inventário de tudo o que você tem

Essa dica é para você, principalmente, que irá mudar de cidade. Relacione em uma lista, tudo o que será transportado, discriminando as respectivas quantidades. Isso te ajudará caso algo seja perdido, extraviado ou roubado.

 6) Utilize embalagens resistentes

Caixas de papelão: não abuse do peso, elas “desmancham” quando são levantadas se estiverem muito pesadas. Opte por caixas de tamanho médio, no máximo. Caixas grandes use para levar edredons por exemplo, pois são bem leves.

Sacos de lixo preto bem resistentes: em lojas de embalagens você poderá encontrá-los. Eles não rasgam com facilidade e aguentam bastante peso. Use-os para colocar roupas, roupas de cama, toalhas, etc.

7) Embale os objetos de cada cômodo separadamente

Para que as panelas não se misturem com roupas e assim por diante (rs), vá embalando tudo de cada ambiente separadamente. Não aproveite um “espacinho” no meio das roupas para enfiar uma jarra ou um abajur. Depois fica muito mais difícil para encontrar esses objetos escondidos e o risco de danificarem é maior.

 8) Identifique todas as caixas / sacolas

Compre uma canetinha de ponta grossa e vá escrevendo na caixa o seu respectivo conteúdo. Caso você não queira que outras pessoas saibam o que tem dentro delas, tem uma dica ótima: identifique cada cômodo por uma cor. Por exemplo: cozinha – bolinha verde na caixa, quarto casal – bolinha amarela na caixa, sala – bolinha azul na caixa, e assim por diante. O que for muito pessoal ou de valor (documentos, jóias, etc), deverá ser levado com você.

 9) Cuidado com tudo que pode quebrar

Nessa hora, não vale o improviso. Pratos, copos, taças, canecas, xícaras… devem ser embalados com jornal, senão racha, quebra mesmo, não tem jeito. Não conte com a sorte, seja prudente. Eletrodomésticos e eletrônicos (dvd, video game…) podem ser embalados usando toalhas, por exemplo. Plástico bolha também ajuda bastante! Embale tudo direitinho e “fiscalize” quem está transportando para que sejam bem cuidadosos.

 10) Coloque as caixas identificadas em seus respectivos cômodos

 Enfim, o dia da mudança! Quando chegar com tudo na casa nova, vá distribuindo pelos cômodos os volumes de acordo com a identificação que você fez (caixa do quarto no quarto, da cozinha na cozinha…). Não coloque todas as caixas em um lugar só, depois fica tãããão difícil para carregar ou encontrar o que precisamos usar… 

11) Distribua as funções de organização da mudança com todos os moradores da casa

 A responsabilidade não é de um só, pois o benefício é de todos. De acordo com a faixa etária e as condições físicas de cada membro da família, todos são capazes de colaborar.

12) Estipule um prazo para estar com tudo organizado

Sim, isto é muito importante. Conheço várias pessoas que depois de meses de uma mudança, ainda continuam com caixas pela casa aguardando cheias de coisas para serem guardadas. Todos nós trabalhamos muito, corremos o dia todo, mas nossa casa deve ser um lugar de paz, de descaso e aconchego. Caixas entulhadas e bagunça não ajudam nisso. Estipule, por exemplo uma semana para que tudo esteja em seus devidos lugares e todos os dias se dedique um tempo neste propósito. 

 Uma boa mudança para você! :)

LEGENDA USO DO POST

Geral Limpeza Organização

Organizando sua Cozinha

11 de fevereiro de 2014
org-cozinha1
Mais do nunca, a cozinha hoje é a parte da casa onde a família se reúne e recebe amigos. Em alguns projetos de casas e apartamentos, muitos estão preferindo ter uma cozinha maior do que uma sala. Para que a sua funcione bem, é necessário que tenha um lugar certo para cada coisa. Vamos caminhar juntos por ela e aprender como colocar tudo em ordem!

Continue Lendo

Limpeza Organização

Organizando as Roupas de Cama e Banho

30 de janeiro de 2014
Slide15
Uma roupa de cama e banho bem macias e cheirosas não tem preço, não é verdade? A sensação de conforto e aconchego ao usar essas peças bem cuidadas são como um bom abraço! Para que elas se conservem macias e com as cores vivas por um bom tempo, separei algumas dicas preciosas para vocês do que eu faço em casa e ensino para minhas clientes.
Importante: além das técnicas que mostro aqui, existem outras que você possa conhecer. As que eu indico são aquelas que me adaptei melhor e que considero fáceis de manter. Fique à vontade para escolher a que for melhor para você.

Onde  e como guardar?

O local onde elas ficam guardadas é de suma importância. Elas devem ficar protegidas do calor, umidade e poeira. O local deve ser conservado sempre limpo. Como seria bom se toda casa pudesse ter uma Rouparia! Rouparia é um armário feito exclusivamente para este fim, guardar roupa de cama e banho, como este da foto. Ele pode ser adaptado nos corredores ou em algum dos cômodos da casa.
 Se você tiver um armário em sua casa que não está tendo um bom uso, você pode separá-lo para ser a sua rouparia. Caso você ainda não tenha uma, muita calma nessa hora! Veja abaixo algumas sugestões de como e onde você poderá guardá-las:
Dentro do Guarda roupa
Separe um espaço específico para elas. Prateleiras, gavetas, nichos ou cestos podem ser usados para separá-las. 
  • Se possível, separe as dos adultos das de crianças, fica mais fácil para controlar, colocando etiquetas identificadoras no armário. 
  • Dobre-as de acordo com a profundidade da gaveta ou prateleira, assim você aproveita melhor o espaço. 
  • Na parte mais alta coloque as peças mais pesadas: colchas, edredons e travesseiros que não estejam sendo usados. Mas mais baixas, intercale uma para roupa de cama, mantas e cobertas outra para os jogos de toalhas, e outra para jogos de toalha avulsos e tapetes de banheiro.
  • Toalhas de lavabo e tapetes de banheiro também podem ser colocados em forma de rolinhos e guardado na vertical dentro de cestinhas.
  • Organizando sempre da mais clara para a mais escura, deixa seu armário mais harmonizado.
Você pode organizar os jogos de cama dentro de uma das fronhas, deixando tudo separadinho assim:
 
 Gavetões embaixo da cama
Muitas camas hoje já podem ser compradas com estes gavetões, o que otimiza o ganho de espaços.
 

 Cama Baú

Assim como os gavetões, estas camas também foram uma sacada genial para guardar diversas coisas que antes não tinham lugar.

 

 Containers Plásticos 

Essas caixas grandes são excelentes para armazenamento. Mas antes de comprá-las, calcule a altura da sua cama ao chão, para que ela caiba direitinho. Dê preferência para as transparentes.

 
 
Dentro de Space Bags (são sacos plásticos que possuem um bocal onde o aspirador é encaixado e ele suga todo ar de dentro da embalagem, diminuindo assim o volume interior – embalando à vácuo). Todos os edredons e colchas da minha casa eu guardo dentro deles para ganhar mais espaço dentro dos meus armários. Eles conservam a roupa de cama limpa e perfumada como se tivessem acabado de ser lavadas.


Ou colocar em embalagens plástica com zíper, as conhecidas “guarda tudo”

Toalhas podem ser guardadas de duas maneiras: (1) Você pode dobrá-las ou fazer (2) rolinhos. A melhor forma depende do espaço que você tem disponível. Não faça rolinhos para guardá-las em prateleiras, somente em gavetas, pois na minha opinião, eles fazem muito volume e acabo perdendo espaço.

Como lavar?

Para não dizer todas, mas a maioria pode ser lavada à máquina, usando sabão em pó e amaciante comuns. Mas vão ai algumas orientações:

  • O ideal é que a roupa de cama seja trocada no mínimo 1 vez por semana e as toalhas 2 vezes. Edredons, colchas grandes e cobre leito eu indico que sejam enviados para uma lavanderia.
  • As toalhas eu aconselho revezar a cada 2 lavagens, substituir o amaciante por vinagre branco. Ele elimina fungos, tira o mau cheiro e as deixa mais macias. Fique tranquila, que ele evapora na secagem e não ficará com cheiro de vinagre
  • Toalhas não devem ser passadas, suas cerdas vão se queimando com o calor do ferro e elas ficam ásperas.
  • Roupas manchadas ou com sujeiras específicas deverão ser tratadas antes de serem colocadas na máquina para que a sujeira não espalhe nas outras peças.
  • Não misture peças coloridas com brancas.
  • Lave as toalhas separadas das roupas de cama.
  • O barato às vezes pode sair muito caro. Invista em peças de boa qualidade, que durem por mais tempo. Não compensa se render às promoções e na primeira lavagem sua peça sair “destruída” da máquina. Aos poucos, vá trocando suas peças por novas e de boa qualidade.
  • Só guarde roupas limpas!

DICAS EXTRAS:

Dobrando um lençol com elástico

Pois é, se você ainda não sabe, o dia da sua libertação chegou! rs Sim,
ele pode ficar dobradinho e lindo como suas outras roupas de cama. Assista o vídeo quantas vezes forem necessárias, até decorar o processo, ok?

 

Desamarrotando os Lençóis que já estão na cama

Sabe quando você acorda, estende o lençol de cima e ele está todo amarrotado? Dá uma tristeza, né? Seus problemas acabaram! rs Separe um recipiente spray igual a este da foto e coloque 70% de álcool e 30% de água. Depois de arrumar a cama, borrife por toda ela (não exagere, ok?) e depois “alise” com as mãos. Os lençóis ficam como novos! Esta embalagem fica no meu quarto, e sempre que uso peças em algodão faço uso desta misturinha. Não se preocupe, sua roupa de cama não ficará cheirando a álcool, ele evapora rapidinho.

Não deixe toalhas limpas expostas no banheiro
Fica lindo usá-las na decoração, né? Mas não faça mais isso! A oscilação de temperatura (quente/frio/vapor) causa fungos e mal cheiro na toalha, que a longo prazo podem danificá-las de maneira permanente. Escolha guardá-las em armários com portas, protegidas da umidade e do calor, deixando expostas no banheiro apenas as que estiverem em uso. Existem outros acessórios que podem decorar seu banheiro, vc não precisa necessariamente usar suas toalhas. Combinado?
Cada um usando a sua toalha:

 

Uma forma de separar as toalhas da casa, seria cada morador ter uma cor, mas nem sempre isso é possível, pois a maioria dos jogos vem com toalhas iguais. O que eu fiz aqui em casa? As que não tinham nenhum detalhe, mandei bordar nossos nomes ou nossas iniciais (como exemplo a foto de cima). Nas que tinham detalhes como flores, desenhos, etc; eu coloquei um botão para marcar qual é a do meu esposo. Vocês podem ver o botão no canto esquerdo na toalha da foto de baixo.Se tem várias pessoas na sua casa e você não tiver como bordar todas as toalhas, defina uma cor de botão para cada morador. Ex: as da mãe com botão vermelho, do pai com botão preto, da filha rosa e do filho verde. Assim, cada um saberá qual é a sua toalha na hora de usar ou pegar no armário.
 
Na hora de dobrar, o ideal é que o jogo seja dobrado com todas as peças juntas. É só seguir a dica do vídeo:
 

Força na peruca e vamos colocar tudo no lugar!

.

.

.

Estas informações podem ser publicadas gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que informada antecipadamente a autora do artigo através do email: contato@barbaravolnei.com.br e, uma vez autorizada, citada a fonte: www.barbaravolnei.com.br As imagens deste post foram extraídas da internet. Caso o proprietário de direito de uso das mesmas não as queira exibidas nesta página, gentileza entrar em contato.