Listando Tag

Agenda

Gestão do Tempo Organização Trabalho

A difícil arte de saber dizer NÃO

13 de janeiro de 2015
no
Dizer não pode ser umas das atitudes mais libertadoras da sua vida. Mas como e quando dizê-lo? Vamos descobrir juntos algumas maneiras para colocá-lo em prática.

1) Avalie suas prioridades
Temos muitas atividades para realizar no nosso dia a dia, isso é quase inevitável. Mas quais são realmente necessárias? Algumas vezes nos enchemos de coisas para fazer achando que estamos sendo produtivos, mas na verdade estamos apenas nos cansando. Avaliar nossa rotina e identificar o que realmente é necessário ser feito, vai aliviar nossa carga diária e fazer com que nossa atenção e energia fiquem voltadas para o que realmente importa. Coloque em um papel aquilo que você tem que fazer todos os dias, sem falta. Estas são as prioridades. As demais demandas que forem surgindo ao longo do dia deverão ser encaixadas de acordo com a disponibilidade.
 
2) Por quê as pessoas não estão acostumadas a escutar não?
Porque desde crianças nos acostumamos a receber só o sim. Trabalhando na área de RH, fica muito fácil identificar nas dinâmicas de grupo as pessoas que não sabem lidar com o não. Quando não são escolhidas para liderar ou não tem seu pedido atendido, emburram ou se excluem do grupo. Algumas pessoas crescem e se tornam adultos mimados e querendo que todas suas vontades sejam atendidas. Temos dificuldade para entender que um não recebido agora, pode nos dar um sim lá no frente. Dizer não também é uma forma de amar. Onde só existe o sim, desconfio que não tenha muito amor envolvido.
 
3) Procure terceirizar para não se estressar
Se você trabalha o dia todo mas ainda tem uma casa para cuidar, porque não pagar alguém para fazer isso para você. Eu amo cuidar da minha casa, mas a limpeza tomaria um tempo enorme que não disponho no momento devido ao meu trabalho. Investir nisso pra mim é qualidade de vida, não um capricho. Se você tem condições de delegar algumas atividades que outras pessoas possam fazer pra você, delegue. Seja menos centralizador. Achar
que somente você pode fazer bem feito gera uma carga e preocupações desnecessárias. Tudo passa nessa vida, não se mate por detalhes que só vão te fazer adoecer.
 
4) Não aceite todos os convites que você recebe
Recebe muitos convites para compromissos diversos? Reuniões, aniversários, eventos, etc… Se aceitarmos tudo o que nos é apresentado, não teremos tempo de qualidade com a família. Ter um espaço na agenda para investir nos seus relacionamentos é essencial para ter uma vida plena e feliz. Um simples não pode de dar mais horas de sono, um tempo para assistir um filminho com a família, uma caminhada no parque. Vida, gente! 
 
5) Preste atenção em como você fala o não
O problema não é dizer o não, mas a maneira como você o diz. Existem várias formas de dizer a mesma coisa. Respire fundo e pense: “Será que dizendo assim irei ofender? Qual a melhor forma de dizer isso?”. Assim você correrá menos risco de ser mal interpretado e deixar alguém de cara virada para você. Fale calmamente e se necessário explique o porque do não. Com atitudes simples podemos ter uma caminhada mais leve e tranqüila. Não deixe que o desconforto de dizer uma simples palavra tire os bons momentos de sua vida.

 

LEGENDA USO DO POST

Gestão do Tempo Organização Trabalho

Como administrar melhor o meu Tempo?

9 de julho de 2014
relogio1
Sempre nos pegamos sentindo culpados por não ter conseguido fazer tudo que precisávamos. Para que esse sentimento de culpa não te persiga mais, reuni algumas dicas para te ajudar a ter uma vida mais leve e o tempo a seu favor!
 “Administrar nosso precioso tempo é o primeiro passo para a organização de nossas ações.” Nátaly Sckler
Vamos começar fazendo a seguinte análise: Sempre que refazemos uma tarefa, ou seja, um retrabalho, estamos desperdiçando tempo. E sim, na maioria das vezes, somos nós mesmos os responsáveis por tanto desperdício. Vamos descobrir juntos o por que disso e começar a usar o tempo para nosso benefício:
 
1) Não procrastine!
Quando adiamos nossos afazeres, ou “empurramos com a barriga” o que sabemos que TEM que ser feito, estamos sabotando a nós mesmos. Deixar para depois não significa que será mais fácil de resolver. Mesmo sendo difícil ou irritante, se é sua responsabilidade resolver algo, resolva! Um probleminha pode virar um problemão se não priorizarmos coisas que parecem às vezes insignificantes.
 
2) Aprenda a dizer NÃO.
Quando dizermos não para algumas pessoas, estamos dizendo SIM para nós mesmos! Assumir responsabilidades que no fundo sabemos que não conseguiremos cumprir só para não desapontar alguém ou simplesmente pelo medo de dizer não, pode nos trazer grandes problemas! Principalmente nós mulheres, que temos mais habilidades para resolver várias coisas ao mesmo tempo, queremos abraçar o mundo com as mãos, achando que temos o tempo (e o poder) para resolver os problemas da humanidade. Calma, não precisa ser assim! O problema não é DIZER o não, mas a FORMA como você o diz. Melhor viver em paz, com você mesmo e com sua família, do que viver para agradar os outros.
 
3) Peça ajuda quando precisar – Delegue
Por achar que “só eu faço bem feito” ou “ninguém sabe fazer do jeito certo”, acumulamos um monte de responsabilidades desnecessariamente. Peça ajuda, tenha humildade e sabedoria para entender que não somos os donos da razão. Aprenda a delegar e a ensinar, podemos ser surpreendidos em ver que as pessoas podem fazer tão bem feito ou até melhor que nós mesmos. A vida corre mais leve e todos crescem juntos.
 
4) Organize o espaço que você usa.
“Organização é o princípio de tudo e mantê-la significa competência.” A. Valente Jr
Já foi comprovado cientificamente que um ambiente desorganizado causa desordem mental, ou seja, você não consegue ser tão produtivo se o ambiente está um caos. Muitos amigos e clientes me dizem: “Bárbara, quando chego em casa dá vontade de virar as costas e voltar pra rua, não aguento mais ver tanta bagunça!” ou “Quando chego na empresa me dá uma tristeza, nunca acho o que preciso!”. Organização é INVESTIMENTO. Um dia, dois dias, uma semana que você se dedicar a organizar os ambientes que você usa, poderá te trazer benefícios incalculáveis a longo prazo. Organização não é luxo, é uma necessidade.
 
4) Marque um tempo para você mesmo.
Ouvi uns dias atrás uma frase que me marcou “Se não tivermos tempo para cuidar da nossa saúde, teremos que arrumar tempo para cuidar da doença.” Colocamos tudo na frente, mas às vezes nos esquecemos de nós mesmos. Fazer um esporte, ter tempo para o lazer, ler um livro e até para não fazer nada, é de suma importância para que estejamos bem e consigamos ser mais produtivos. Dedicar a essas coisas que nos proporcionam prazer nos faz sermos mais criativos, motivados e felizes. Quando cuidarmos bem de nós mesmos, estaremos mais aptos para cuidar daqueles que nós amamos.
 
5) Use uma agenda.
Quem acompanha o blog sabe que já falei sobre o uso da agenda várias vezes por aqui. Seja ela de papel, no celular, no computador, no tablet… tenha um lugar para anotar seus compromissos de curto, médio e longo prazos. Não sobrecarregue tanto assim sua memória, com o excesso de informações que temos, um dia ela irá falhar e você ficará a ver navios. Anote seus compromissos e tenha espaço para ocupar sua mente com coisas mais importantes.
 
6) Feche os ciclos – tudo tem começo, meio e fim.
Sabe aquela sensação de “trabalhei tanto mas parece que não resolvi nada!”? Pois é, ela acontece porque não fechamos ciclos. Começamos a fazer um monte de coisas e interrompemos, ou simplesmente esquecemos. Ex: começamos a ler um livro e paramos na metade, começamos a arrumar o quarto e paramos pra ler email, fazer almoço. Começamos um relatórios e paramos pra atender um telefonema e esquecemos de concluí-lo, nunca resolvemos com o colega de trabalho aquele mal entendido… E ai vai passando a vida, com um monte de coisas inacabadas pelo caminho. Conclua suas atividades e tenha aquela sensação maravilhosa de “dever cumprido”! Não há dinheiro no mundo que pague essa maravilhosa sensação. E lembre-se: você é responsável por sua própria história. Não culpe ou jogue isso para outra pessoa. A responsabilidade de concluir o capítulo e virar a página é sua.7) Use a Internet com moderação.

Se não vigiarmos, a internet consome mais de 40% de nosso tempo útil. Redes sociais, emails desnecessários, sites de esportes, moda, etc, nos distraem e o tempo passa sem que a gente veja. Estipule horários  (por exemplo: 9h, 14h e 17h) para ver emails e retornar mensagens para que não precisar entrar a todo momento para verificar sua caixa de entrada. Faça uso consciente do seu tempo na internet e veja o quanto seu dia irá render!

 
8) Seja Pontual.
“Pontualidade é uma virtude, não dá para discutir. É a primeira característica das pessoas confiáveis. Respeite seus compromissos.” Eugênio Mussak
Pra mim, este é o mal do século… como é difícil para algumas pessoas cumprirem com prazos, horários! Uma pergunta: Como você é conhecido pelas pessoas? Elas te vêem como aquela pessoa que sempre chega atrasada? Que nunca cumpre com os prazos? Além de ser deselegante, é uma falta de respeito tremendo com o outro! Ai eu volto lá no ponto 2 (acima), onde precisamos aprender a dizer não para que não venhamos a deixar ninguém na mão. Busque honrar com sua palavra, não gere falsas expectativas nas pessoas. Se agendou um compromisso com alguém, lute para cumpri-lo.
 
9) Saiba a hora de parar e relaxe.
Sempre que concluo um grande trabalho, vou à uma padaria aqui perto de casa e peço um cappuccino e um pão na chapa. Sento e relaxo. Pra mim, é como uma recompensa depois de um árduo trabalho. Me permito descansar, sabendo que dei o meu melhor. Às vezes chegamos em casa e ainda queremos continuar trabalhando, mas PARE. Tenha um tempo de qualidade com sua família, com você mesmo. Por maaaais que venhamos a trabalhar, o trabalho nunca irá acabar. Então pra quê viver em função dele?
Artigo que escrevi sobre o assunto

Veja também algumas dicas para saber como usar melhor seu tempo no artigo que escrevi para a Revista Casa Nova.
Entre no site da revista, entre em “Edições” e clique na respectiva edição.
http://www.revistacasanova.com.br/ 
(Ano 2, Edição 7, a partir da página 61)


Teste

Encontrei um teste bem legal no site da Uol: “Você administra bem o seu tempo?” É só clicar e fazer: http://mulher.uol.com.br/comportamento/quiz/2014/07/05/voce-administra-bem-o-seu-tempo.htm

Bora ser feliz?

.

.

.

Estas informações podem ser publicadas gratuitamente em seu site, jornal, revista ou newsletter, desde que informada antecipadamente a autora do artigo através do email: contato@barbaravolnei.com.br e, uma vez autorizada, citada a fonte: www.barbaravolnei.com.br As imagens deste post foram extraídas da internet. Caso o proprietário de direito de uso das mesmas não as queira exibidas nesta página, gentileza entrar em contato.