Agenda Família Finanças Geral Gestão do Tempo Organização Trabalho

Organizando minhas demandas de 2108

8 de janeiro de 2018
amanha

Mais um ano começando e novas perspectivas batem à nossa porta. Por mais que não criemos tantas expectativas, lá no fundo temos alguns sonhos, projetos, planos que queremos tirar da cabeça e realizar. E nada mais prazeroso do que olhar pra trás e ver que a gente conseguiu construir coisas boas durante o ano, não é mesmo?

Não adianta você ler os “10 passos para me organizar”, “Como realizar minhas metas”, ver um monte de vídeo no youtube, assistir várias palestras, se você não deixar para trás 2 coisas que te paralisam:

– Procrastinação: deixar para tomas decisões depois, deixar para agir amanhã, como se as coisas fossem se “autoresolverem” sozinhas. Afff… onde estamos com a cabeça quando fazemos isso?

– Preguiça: uma parente próxima, quase uma irmã gêmea da procrastinação, é a preguiça. Ela nos amarra e vemos a vida passar, chegando no final do ano e avaliando nossas realizações, vemos que muita coisa não foi pra frente porque simplesmente não tiramos a bunda do sofá.

Mudança de hábitos! Analise seu comportamento até o dia de hoje. Será que não é você mesmo que está impedindo seu crescimento? Será que a sua falta de organização com suas demandas pessoais não seja um dos motivos para você não prosperar? Sim, organização traz prosperidade! Quando temos o controle do nosso dia, das nossas atividades e rotina, nossa vida funciona e prospera em todas as áreas, não só a financeira! Acredite!

Me considero uma pessoa organizada, preciso me policiar para não ter nenhum dos dois comportamentos acima (sim, sou humana) e conseguir dar andamento naquilo que está à minha frente. Mesmo tendo disponíveis hoje em dia vários recursos interessantes, utilizo dois bem simples e acessíveis, que tem funcionado muito bem nesses anos. Quem sabe podem ser úteis para você também?

Antes de apresentá-los, gostaria de levantar um ponto que acredito ser de grande importância para todos nós:

FILTRE AS INFORMAÇÕES QUE VOCÊ RECEBE DIGITALMENTE

Um dos nossos maiores bens hoje é o nosso tempo, e saber usá-lo com sabedoria, nos torna mais produtivos e felizes.

Você realmente precisa saber de tudo o tempo todo? Precisa ficar conferindo redes sociais, e-mail, WhatsApp a todo momento? Precisa mesmo?

Vivemos atualmente, a tal “era da informação”, onde somos bombardeados a todo momento com mensagens, noticias, demandas… mas que nem sempre são úteis ou necessárias para você. E ficar a todo momento acessando essas “informações” que nem sempre são úteis (mas fúteis), é o maior ladrão de tempo da sua vida.

Por mais que seu trabalho dependa de alguma ou de todas estas ferramentas (incluo meu nome), o ideal é você estabelecer algumas “janelas de respostas” ao longo do dia. Por exemplo: MANHÃ: 8:80 e 10:30. TARDE: 14:30 e 16:30. Acesse suas ferramentas digitais com um período de tempo determinado (ex: 40 min, 1h) e no restante do tempo, PRODUZA. Uau! Como isso é libertador! Digo isso porque sei que a maioria que está lendo isso agora, está o fazendo pelo celular, que para a maioria das pessoas, é o meio pelo qual ela tem acesso a maioria das informações que ela precisa. O problema não é o uso do aparelho, mas quem usa o aparelho. Cabe a você estabelecer um limite de uso para ele.

Uma das coisas mais maravilhosas que fiz em 2017 foi desabilitar TODOS os avisos de mensagens dos aplicativos do meu celular. Redes sociais, mensagens, e-mail, tudo! Gente, é sério, nem sei descrever o alívio que isso me trouxe. Sem falar na ansiedade que é gerada por aquele “barulhinho” nos avisando a todo momento que chegou alguma coisa.  Poder acessar as informações em horários determinados ou quando eu quiser, é libertador. Esses avisos nos trazem uma sensação de urgência que não existe e ainda deixamos as pessoas mal acostumadas a terem resposta imediatamente e a qualquer horário. Um dia uma pessoa começou a enviar várias mensagens no meu WhatsApp e eu estava on line conversando com uma cliente e não a respondi. De repente, ela manda essa: “você está on line, porque não me responde?”. Pois é… estamos criando monstros.

Então, se fosse para eu te dar um único conselho que poderia te ajudar DEMAIS a melhorar sua qualidade do tempo, seria este: desabilite os alertas dos aplicativos do seu celular e estabeleça horários para verifica-los. Aproveite e faça um limpa no seu aparelho e apague todos aqueles aplicativos que você não usa.

Irei compartilhar com você o que eu faço para organizar as minhas demandas diárias e acredito que isso poderá lhe ajudar a identificar quais ferramentas você precisa para também colocar suas coisas em dia e não se perder no meio do caminho. Vamos lá:

ANOTE TUDO

Seja no bom amigo papel ou utilizando algum recurso digital, sim, ainda precisamos anotar as coisas. Nossa cabeça não foi feita para carregar um amontoado de informações, mas foi feita para termos ideias. Uma mente sobrecarregada, por melhor que ela seja, pode te deixar na mão em algum momento. Um dos melhores recursos para você anotar, não esquecer seus compromissos e conseguir se programar de acordo com datas e horários, continua, na minha opinião, sendo a boa e velha agenda.

USE UMA AGENDA/PLANNER

Por mais que você anote em um caderno, um bloco, ou seja lá qual for o meio, a agenda permite que você se planeje melhor pois ela se baseia, na maioria dos modelos, em um calendário, que permite que você anote em datas específicas ou diariamente. Sei que muitas pessoas até começam bem o ano usando e a abandonam em algum momento. Mas estamos aqui falando justamente em mudar alguns hábitos, certo?

Há 3 anos, comecei a usar uma Planner. Explicando a grosso modo, é uma agenda mais completa e com mais recursos que uma agenda comum. Esse da foto é o que estou usando este ano e é da @paperduo.

IMG_3904

Claro que existem vários modelos disponíveis no mercado e já usei de outras marcas também. Ele funciona como uma agenda semanal, o que pra mim facilita demais para que eu possa visualizar a semana como um todo e saber o que farei durante toda ela.

IMG_3906

Outros recursos legais que ajudam muito porque posso concentrar várias fontes de informação em um único lugar: calendário mensal, controle financeiro, check list de viagem, folhas para anotações, etc.

IMG_3905IMG_3907IMG_3908

Caso você não encontre uma Planner, você pode ir a uma papelaria e procurar por uma “agenda semanal”. O Vendedor irá te mostrar os modelos disponíveis. Existem modelos de vários tamanhos, preços, cores, etc.

Se você é chegada em um DYI (faça você mesmo), tem alguns sites que tem dowload gratuito de planner para você imprimir e encadernar, mas prefiro comprar pronto mesmo e evitar a fadiga rsrs.

FICHÁRIO DO ANO

Um outro recurso que utilizo bastante é este fichário. É um fichário escolar, comum. Só escolhi um de capa emborrachada para durar mais e, no caso de sujar, conseguir limpar com um paninho (rs).

IMG_3910IMG_3911

Ele funciona assim: coloquei em cada divisória, o nome das principais demandas que tenho. Dentro de cada divisória, coloquei folhas para escrever e um saquinho para colocar alguma coisa que for preciso.

Minhas demandas principais (até agora):

  1. Casa
  2. Personal Organizer
  3. Palestras e Cursos
  4. Blog
  5. Redes Sociais
  6. Livro (estou escrevendo um)
  7. Mesa Posta
  8. Igreja
  9. Coaching

Por que eu uso isso? Lembra do que eu disse sobre anotar tudo? É nesse fichário que “descarrego” tudo que está na minha cabeça, organizo minhas ideias, e só então passo para a agenda somente as ações/compromissos que tenho que realizar. É como se fosse uma caixa de entrada com tudo da minha vida, dividida por assuntos principais. Sei que muita gente faz isso digitalmente e adora. Por um tempo eu tentei (tentei mesmo!), mas não consegui. Parece que quando estou escrevendo no papel minha cabeça vai se organizando e consigo visualizar melhor o que precisa ou não de uma ação minha. Escrever traz uma clareza enorme, não nos deixa em dúvida e até nos ajuda a tomar melhores decisões.

Claro que dentro de cada uma destas demandas descritas acima, tem váááários tópicos/assuntos, como por exemplo em “Casa”: rotina, o que comprar, o que consertar, o que fazer, cardápio, visitas, lista de compras, etc.

DESPERTADOR DO CELULAR

E para finalizar, um recurso que utilizo muito é o despertador do meu celular para me lembrar de atividades simples, como: marcar dentista, ligar para fulano, ir ao correio, etc. Nem tudo anoto na agenda, coisas pontuais como estas podem ser resolvidas apenas com um lembrete. Então, use e abuse!

Se você lida melhor com ferramentas digitais para se organizar, te indico três opções: Google Agenda, Evernote ou Todoist. É só clicar no nome de cada uma para saber como elas funcionam.

E O MAIS IMPORTANTE DE TUDO: se hoje não deu certo, se por um acaso você perder o controle da sua rotina, retome, comece de novo, não desista. Dizer “não consigo”, “comigo não dá certo” vai continuar levando seus projetos para o buraco. Se esforce todos os dias para anotar, consultar o que anotou até que isso faça parte do seu dia a dia. Sei que é difícil adotar um novo hábito, mas não é impossível.

Aqui no blog também tem vários posts muito especiais que poderão te ajudar a organizar a sua rotina ao longo do ano:

50 dicas para ter um ano novo mais produtivo

O que fazer nos minutos finais do expediente?

Organize sua semana no domingo

Como ser uma pessoa mais organizada?

Colocando minhas finanças em dia

A difícil arte de saber dizer não

Espero que estas dicas lhe sejam úteis e te ajudem a fazer de 2018 um ano diferente na sua vida!

 Grande abraço!

LEGENDA USO DO POST

You Might Also Like